quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

DUAS OU TRÊS COISAS QUE EU SEI DELA...




1. Por um dia, Tiago Aires decidiu trocar o “puro” dos trilhos da floresta pelo “duro” do asfalto da cidade, fez-se a caminho de Sevilha, juntou-se a cinco mil como ele e ali correu, no passado domingo, a sua primeira Maratona. No final, o tempo de 2.36.01 valeu-lhe o 59º lugar da Geral (29º no escalão Sénior Masculino) e o título de melhor atleta português numa das “clássicas” da Península Ibérica. Ao Orientovar, o atleta do GafanhOri confessou que “esta participação foi a minha primeira experiência numa Maratona e, para primeira vez, apenas queria aproveitar o facto de estar presente e perceber até que ponto correr em alcatrão não seria demasiado massacrante. Fiz a primeira metade tranquilo, aproveitando o público e grupos (1h19 à Meia-Maratona e sem passar das 162 pulsações) e nesta fase sentia que era fácil ir mais rápido. Mas tanto ouvi falar da barreira dos 35 km que mantive o ritmo até aos 32 km, quando finalmente decidi alterar o ritmo consideravelmente, o que fez com que ultrapassasse perto de 30 atletas nos últimos 10km.” Tiago Aires poderá ter-lhe tomado o gosto, pelo menos a fazer fé nos seus projectos: “Quero fazer este ano mais uma ou duas Maratonas e certamente já vou impor um ritmo mais consistente desde o inicio, pois já terei treino especifico e experiência. Veremos...”

2. Viajamos até ao Distrito de Aveiro onde, no passado domingo, teve lugar o 26º Grande Prémio de Estarreja, prova que este ano integrou o Campeonato Distrital de Aveiro de Estrada. Com uma prova de Atletismo mesmo à porta de casa, Diogo Miguel decidiu ocupar “um dos poucos domingos sem Orientação” para correr a prova de 10 km, na qual participa “todos os anos, desde os tempos de Iniciado”. Desta feita fê-lo da melhor forma em 32.12, batendo por larga margem o seu record pessoal e concluindo no 16º lugar da Geral. E melhor do que isso: Foi o atleta mais rápido em Sub-23, o que lhe valeu o título de Campeão Distrital de Aveiro naquele escalão.

3. Mais a sul, na bonita vila de Pavia, teve lugar no passado sábado o Campeonato do Alentejo de Corta-Mato, prova onde participaram clubes das Associações Distritais de Portalegre, Évora e Beja. A ADFA marcou presença com a sua equipa sénior masculina, tendo alcançado o título de Campeão do Alentejo de Corta-Mato. Individualmente, Tiago Romão foi o 3º classificado, Marco Póvoa concluiu no 4º lugar, Miguel Gomes foi 10º e Pedro Pereira, na 12ª posição, fechou a equipa. Quanto à equipa de Juvenis, composta por Luís Silva (2º), Miguel Ferreira (8º) e Filipe Augusto (12º), sagrou-se Vice-Campeã do Alentejo de Corta-Mato neste escalão.

4. Margarida Gonçalves Novo anunciou no passado domingo o fim do seu Ori-BTT de Rosa Choque. “Quem seguiu este blogue”, diz ela no seu último artigo, “sabe que a sua vida não foi fácil e que teve altos e baixos, artigos bons, outros nem tanto. Sabe também que quem o escreveu passou por muito maus bocados e chegou mesmo a perder a cabeça e disparatar por mais do que uma vez, embora tenha tido também momentos muito bons e divertidos enquanto escreveu algumas das coisas que leram aqui.” Pois é uma pena que a Margarida nos deixe. Incómodo para alguns, um farol para muitos - “a liberdade de expressão é feita destas coisas” - o Ori-BTT de Rosa Choque foi uma lufada de ar fresco nesta nossa particular blogosfera. Na hora da despedida, fica uma promessa a título particular mas que gostaria de partilhar com todos: “Vou continuar leitora fiel do Orientovar e, por isso, pode continuar a contar com os meus comentários!”

5. Fecha-se um blog, abre-se um site. Rui Antunes, um dos nossos mais conceituados cartógrafos, apresenta-se na rede com uma página pessoal designada MapMaker, particularmente útil e apelativa. Ao lermos ali o seu currículo – apresentado em quatro diferentes línguas – ficamos a saber que Rui Antunes deu os primeiros passos neste fascinante mundo da cartografia em Março de 1984, com o Mapa “Lagoa Cova”, um “primeiro mapa totalmente feito à mão”, para um Campeonato da Força Aérea Portuguesa. Os 111 mapas assinados por si até ao momento são apresentados detalhadamente numa secção própria onde podemos descobrir preciosidades como o “Alcobertas OriBtt Portugal 2001”, o seu primeiro mergulho na Orientação em BTT, o “Juncal 2002” para o X Campeonato Ibérico, “Ramalhosa, Espanha 2006”, a sua primeira “internacionalização”, “S. Pedro Maceda 2009” (este com um significado muito grande para mim, uma vez que correspondeu à minha estreia enquanto atleta federado) e ainda o mapa de “Quiaios 2008”, distinguido com a 4ª posição na votação levada a efeito pelo conceituado World of O, em finais de 2010. Uma lista de ligações úteis e os contactos completam uma página que tem por lema “a excelência na qualidade de mapas!” Tudo para ver em http://www.antunesmapmaker.com/.

6. Projecto inovador e ousado “em tempo de lamentações”, a NFM - http://radio.nfm.pt/ - é a Rádio Oficial do Portugal O' Meeting 2011. Diariamente, de segunda a sexta-feira, às 11h30 e às 18h30, vão para o ar Entrevistas breves com algumas pessoas directa ou indirectamente ligadas ao grande evento. Já por lá passou Fernando Costa, eu próprio já por lá passei e, até ao próximo dia 5 de Março, muitos mais nomes irão passar, entre os quais o nosso estimado Alexander Shirinian. A NFM pode ser sintonizada nas frequências 89.2 FM (Norte do País), 96.0 FM (Alentejo), 105.6 FM (Ribatejo), 102.9 FM (Algarve), 94.8 FM (Região Oeste), 88.4 FM (Grande Porto) e agora também, desde a passada sexta-feira, em 103.2 FM (Beira Interior). E é justamente para a NFM, “a rádio que toca, em todo o lado” que vai, com a devida vénia, o Louvor da Semana!


Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

2 comentários:

José disse...

Queria felicitar o Tiago pela sua 1ª maratona, 2h36 não é uma grande marca,mas pode ser, largamente, melhorada.

A prática do atletismo pode melhorar muito a condição física dos orientistas.Portanto, aplauda-se os Tiago,Póvoa,D.Miguel,Romão,M.Silva,J.Sousa entre outros.

Na década de 90 assisti a uma grande vitória do orientista Jorgensen no Campeonato Europeu de Cross em atletismo no Vale do Jamor.

Se estiverem recordados, o dinamarquês Jorgensen foi um grande campeão de Orientação,ainda hoje é um crónico vencedor nos escalões de veteranos nos wmoc´s, agora em representação da Nova Zelândia.

João Mega Figueiredo disse...

Os nossos atletas de Elite estão a mostrar que nem tudo vai mal nos dias de hoje no nosso querido desporto!
A maratona do Tiago Aires, o resultado do Diogo e do Tiago Romão mostram que os atletas estão empenhados na sua evolução e não se deixam afectar...
Parabéns ao Tiago Aires, pois uma maratona não está ao alcance de qualquer um, é preciso saber lidar connosco próprios e testar os nossos limites.
Parabéns também ao Diogo e ao Romão que mostram que boa gestão entre treinos e estudo dão frutos!

Abraços,
Mega